Dicas diversas

From TradWiki 2.0
Revision as of 14:19, 8 May 2014 by TDW1>Daniel Estill (Criou página com ' '''Tradução automática como referência -''' A tradução automática, ou tradução por máquina, não serve apenas para gerar textos traduzidos para serem revisados depo...')
(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to navigation Jump to search

Tradução automática como referência - A tradução automática, ou tradução por máquina, não serve apenas para gerar textos traduzidos para serem revisados depois. Pode ser usada simplesmente como uma forma de consulta rápida de terminologia. Em quase todas as ferramentas baseadas em memória de tradução é possível integrar a tradução de máquina ao processo. Os segmentos traduzidos podem ser incluídos direto no espaço destinado à tradução ou exibidos em alguma outra janela para fins de consulta. No Wordfast, por exemplo, você pode acionar o recurso TM Companion e um outro documento aparece ao lado de sua tradução, mostrando os resultados da tradução automática e outros matches da memória em uso ou da Background Translation Memory (BTM). Se você gerou uma BTM usando tradução de máquina, as sugestões vão aparecer lá e não necessariamente serão incluídas no segmento de destino, vai depender das configurações escolhidas. Essa dica foi motivada pela palavra bouquet, que me deixou em dúvida sobre a grafia. Sem precisar abrir nenhum outro recurso, ali estava ela, buquê, na janela de matches do TM companion, tanto no Google Translate quanto na BTM que gerei usando o Promt. Daniel Estill (discussão) 10h19min de 8 de maio de 2014 (PDT)