Tradução audiovisual

De TradWiki 2.0
Revisão de 12h05min de 18 de maio de 2013 por TDW1>Biancabold (Criou página com ' == O projeto de tradução audiovisual == É importante que os profissionais que trabalham com tradução audiovisual conheçam as diversas facetas deste nicho para saber que...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

O projeto de tradução audiovisual

É importante que os profissionais que trabalham com tradução audiovisual conheçam as diversas facetas deste nicho para saber que tipo de serviço oferecer de forma que satisfaça às necessidades do cliente da melhor forma.

Muitos dos detalhes que você deve especificar antes de começar um projeto de tradução audiovisual é semelhante ao que acontece com um [projeto de tradução] como outro qualquer, mas você deve levar em conta processos e nuances inerentes à área de tradução audiovisual. Como sempre, conversar com o cliente e definir os pontos relevantes antes do início de cada projeto é uma etapa essencial.


Tradução audiovisual

Para dar uma ideia geral, comecemos por uma breve descrição do que é comumente chamado de tradução audiovisual ou tradução de multimídia. Este campo inclui todos os modos de tradução que lidam com sons e imagens, como filmes, documentários, programas de TV, propagandas, videogames, vídeos institucionais e educativos, softwares interativos, tradução para teatro, entre outros.

Embora o script de um produto audiovisual se assemelhe a um texto escrito comum, alguns elementos cruciais não são facilmente entendidos a partir de uma mera folha de papel, como tom de voz, entonação, expressão facial, etc. Dito isso, em praticamente 100% dos casos, o tradutor audiovisual fará um trabalho mais melhor se tiver acesso aos materiais de vídeo e áudio, aos quais o texto escrito deve ser integrado. Scripts, transcrições e listas de diálogo são materiais de apoio extremamente importantes, mas não devem ser utilizados como única fonte para a tradução.


Modos de tradução audiovisual

O desenvolvimento da tecnologia trouxe inúmeros avanços neste campo, o que resultou na criação de novos modos de tradução. Agrupamos aqui uma visão geral dos modos mais comuns de tradução audiovisual.


Tradução de script

Em geral, o texto escrito propriamente dito é necessário em várias etapas de um projeto, por exemplo, de uma produção de vídeo. A tradução pode variar de acordo com o propósito específico de cada texto e a finalidade do material traduzido.


[Legendagem]

A legendagem envolve a transposição do discurso falado em forma de texto escrito. O texto é segmentado em trechos curtos que são geralmente uma versão condensada do original. Isso ocorre devido a limitações de tempo e de espaço e da velocidade de leitura dos espectadores, pois em poucos segundos só conseguimos ler uma quantidade limitada de texto. Em muitos países, as legendas costumam ter uma ou duas linhas que devem aparecer e desaparecer em sincronia com o áudio. É o modo de tradução audiovisual mais popular em vários mercados e costuma ser o mais econômico.


[Dublagem], narração, voice-over

Agrupamos esses três modos de tradução audiovisual porque todos envolvem a produção de uma nova faixa de áudio em que a voz original é substituída completa ou parcialmente pela tradução. Um fator importante em todos eles é a reinterpretação do discurso oral por atores ou narradores profissionais. Na dublagem, uma das principais metas é a sincronia entre os lábios do ator original e a voz do dublador. No âmbito de tradução audiovisual, narração geralmente se refere a um texto descritivo traduzido que é lido por um narrador sem aparecer em cena (em off), ou seja, os espectadores só ouvem uma voz, mas não veem a pessoa quem está narrando. No caso do voice-over, a tradução não substitui completamente o original: os espectadores ouvem a voz original por pouquíssimo tempo, no início e no fim do discurso oral. Por essa razão, nem o voice-over nem a narração tem restrições ligadas à sincronia labial. Esses modos de tradução são mais demorados que a legendagem, principalmente porque envolvem a participação de mais profissionais, o que também resulta em custos mais altos.


Interpretação simultânea/consecutiva

A interpretação costuma ser usada para traduzir eventos com transmissão ao vivo na televisão, como cerimônias do Oscar, discursos de políticos distintos, etc. Esta modalidade funciona mais ou menos como a interpretação de conferência (simultânea ou consecutiva), mas difere porque é feita remotamente: em geral, o intérprete está em um estúdio de TV, e sua tradução oral é transmitida por cima do som original, mas sem substituí-lo por completo.


Tradução e localização de software interativo e videogame

Vários aspectos de videogames e software interativo, tais como textos e arquivos de áudio, têm que ser extraídos e depois traduzidos e [localizados] antes de serem reintegrados. Enquanto o trabalho de extração e reintegração é geralmente feito por engenheiros de software, os tradutores cuidam das questões linguísticas. Dublagem, narração, e legendagem muitas vezes também fazem parte deste processo.


Tradução audiovisual e acessibilidade

Alguns modos de tradução audiovisual visam facilitar o acesso de portadores de deficiências a produtos audiovisuais. Nesses casos, a tradução não é de uma língua para outra, mas de imagens ou sons para a linguagem verbal, exposta na forma de textos que podem ser ouvidos ou lidos, dependendo do caso. Aqui estão os dois tipos mais comuns.


Legendas fechadas (ou closed captions)

Também chamado de legendas para surdos, este modo se assemelha à legendagem comum, mas inclui sons não verbais relevantes para a compreensão, como um cachorro latindo, uma campainha tocando, pessoas rindo e assim por diante. Às vezes, para facilitar a identificação do interlocutor, cores diferentes são atribuídas a personagens ou participantes do vídeo, e as legendas propriamente ditas também podem ser posicionadas mais próximas de quem está falando, em vez de aparecerem sempre no centro da tela.


Audiodescrição

Uma descrição de imagens e ações relevantes é gravada em voz alta e integrada à trilha sonora de um vídeo para ajudar cegos e deficientes visuais na compreensão do material. Essas informações objetivas e sucintas podem ser inseridas apenas nos espaços entre efeitos sonoros ou falas do material original.